Skip to main content
Inteligencia artificial Neurologic atendimento

Como a inteligência artificial está revolucionando os Contact centers

Um dos grandes objetivos de um contact center é resolver problemas de clientes, mas muitas vezes essas empresas tem dificuldades em resolver as próprias dificuldades. Afinal, como manter o atendimento 24 horas por dia sete dias por semana sem gastar rios de dinheiro?

Se já é difícil em tempos de expansão, na crise econômica as coisas só pioram. E não basta manter o contact center funcionando sem parar, é preciso de funcionários especializados para resolver problemas mais complexos.

E se o cliente só falar inglês? Sem dúvida, é preciso alguém bilíngue. Ah, também não dá pra deixar o cliente esperando por muito tempo. Como prever, então, os horários de pico? E se chover e todos os clientes resolverem ligar de uma vez para reclamar de sua internet que parou de funcionar, por exemplo?

São muitas preocupações e a maioria delas vêm de um só problema: a dependência do contact center do atendimento humano. Mas essa realidade está mudando.

Hoje, já existem sistemas de inteligência artificial programados para atender clientes. Esses sistemas, funcionam como robôs, são capazes de responder à dúvidas por meio de chats em sites, e-mail, SMS ou até mesmo conversas em aplicativos como o Messenger, do Facebook, e o Telegram.

Parece coisa de filme de ficção científica, mas este sistema já é a realidade de grandes empresas. A plataforma de pesquisas de viagens Kayak, por exemplo, está testando um atendimento virtual por meio do aplicativo Messenger, do Facebook. Com ele, o cliente pode iniciar uma conversa com a Kayak no chat do Facebook e será atendido por uma espécie de robô.

Ele poderá responder a questões como, por exemplo, “qual o preço de uma passagem para o Rio de Janeiro?” ou “em que hotel posso ficar em Miami?”. Em um sistema ainda mais sofisticado, a empresa de comércio eletrônico Amazon criou o Amazon Echo, aparelho que responde pelo nome de Alexa, como se fosse uma pessoa. A Alexa é capaz de obedecer inclusive a comandos de voz como tocar uma música do Los Hermanos ou até mesmo pedir um Uber.


A empresa de pesquisa americana Gartner estima que até 85% dos centros de atendimento ao cliente serão virtuais em 2020.

A Neurologic é uma dessas soluções. Com o nosso sistema, clientes têm, em média um aumento de 65% na satisfação dos clientes, um corte de 30% nos custos e um aumento de produtividade de seus funcionários de quase 50%. A solução da Neurologic pode ser utilizada para atender clientes por meio de chats, e-mail ou SMS e a resposta é imediata.

A maioria das companhias que prometem um atendimento virtual definem manualmente quais as perguntas e respostas em que o sistema atuará. Elas são padronizadas e, se por acaso o cliente realizar uma pergunta de uma forma diferente, o sistema não conseguirá reconhecer a dúvida e a comunicação com a atendente virtual estará perdida.

Já o sistema da Neurologic consegue abranger amplamente as variações na escrita, devido a tecnologia de Redes Neurais que se baseia nos atendimentos passados realizados pela empresa, permitindo um aumento da satisfação do cliente durante o bate-papo.

A Neurologic implementou este sistema na empresa de tecnologia da informação Premier IT. A companhia está há mais de 26 anos no mercado e atende a mais de 100 mil usuários na América Latina. Já no primeiro mês de execução, a produtividade na operação aumentou 65%.

As mudanças foram tantas que a empresa foi uma das cinco companhias brasileiras a ser indicada pela consultoria americana Gartner como “Cool Vendors” este ano. A lista que indica os fornecedores de soluções considerados inovadores por seus produtos e serviços.

 

E você? Já pensou em automatizar o seu atendimento? Entre em contato com a Neurologic e saiba como é possível.

Compartilhar

 

callt

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *